Métricas de Inbound Marketing: aprenda a analisar e a mensurar os resultados de sua IE

Métricas de Inbound Marketing: aprenda a analisar e a mensurar os resultados de sua IE

Nos últimos anos, o Inbound Marketing se tornou uma das tendências utilizadas por pequenas, médias e grandes empresas em suas ações de Marketing Digital. Em grande parte, seu sucesso se deve às inúmeras possibilidades para atrair, converter e fidelizar clientes. Contudo, para aproveitar todo o potencial do Inbound Marketing, também é preciso acompanhar de perto as métricas de Inbound Marketing e analisar relatórios que atestem a eficácia das ações. Afinal, sem esse trabalho, não se tem informações consistentes sobre a performance de sua Instituição de Ensino em meio digital.

Ficou interessado(a)? Continue a leitura e entenda por que acompanhar métricas de Inbound Marketing é importante e quais você deve monitorar.

Por que acompanhar métricas de Inbound Marketing?

Todo gestor com alguma experiência sabe que dados e informações são essenciais para o planejamento de estratégias, sejam elas de marketing, vendas ou financeiras. A partir dessas informações, fica mais fácil tomar decisões fundamentadas e evitar equívocos. 

Dessa forma, é possível aprimorar processos, corrigir planejamentos, otimizar estratégias e, assim, alcançar melhores resultados.

As métricas de Inbound Marketing cumprem esse papel. Contudo, no universo do Marketing Digital, o volume e a diversidade de informações são muito grandes, e nem tudo precisa ser metrificado.

A princípio, apenas algumas métricas são essenciais para aprimorar as estratégias de Inbound Marketing, e monitorá-las gera uma riqueza de informações que ajudam a impulsionar os resultados dos setores de marketing e vendas.

Então, confira a seguir quais são essas métricas de Inbound Marketing.

Quais métricas acompanhar?

As principais métricas de Inbound Marketing que toda IE deve acompanhar são:

  • Taxa de conversão;

  • Volume de visitas ao site/blog;

  • Métricas de e-mail;

  • Retorno Sobre Investimento (ROI);

  • Custo de Aquisição de Clientes (CAC); 

  • Lifetime Value (LTV);

  • Taxa de rejeição;

  • Ticket médio.

Acompanhe nos próximos tópicos o que cada uma delas analisa e como podem ser interpretadas.

Taxas de conversão

As taxas de conversão servem para medir qual a proporção de visitantes que se convertem, por exemplo, em leads, leads qualificados, oportunidades e vendas/matrículas. Isso pode acontecer com o preenchimento de formulários, inscrições em newsletter, pedidos de orçamentos, cliques em links de ofertas, etc.

Assim, ao atestar que uma determinada página ou conteúdo não está obtendo boas taxas de conversão, a equipe de marketing pode adequá-la e corrigir eventuais erros para conseguir melhores resultados.

Volume de visitas

Um dos objetivos primários das ações de Inbound Marketing é atrair mais pessoas para as páginas da empresa, sejam elas artigos de blog, redes sociais ou site institucional. Portanto, acompanhar o volume de visitantes é essencial para atestar se as estratégias de marketing estão gerando resultados.

Uma das formas de acompanhar essa métrica é utilizando ferramentas como o Google Analytics, que apresenta o número total de visitantes recebidos por um site e outras informações relevantes, como tempo de permanência nas páginas e taxa de cliques.

Métricas de e-mail

Acompanhe a taxa de abertura de e-mails em suas campanhas

As campanhas segmentadas, disparos de e-mails e newsletters estão entre as ações mais utilizadas no Inbound Marketing. Logo, acompanhá-las também é essencial para atestar a eficiência das estratégias. Nesse caso, o que deve ser analisado é a taxa de abertura e de cliques dos e-mails.

Esses dados são muito relevantes de se obter, pois eles demonstram, de maneira prática, se sua abordagem de e-mail marketing tem sido efetiva.

O resultado da taxa de abertura poderá demonstrar, por exemplo, quais assuntos de e-mail interessam mais a sua audiência, enquanto a taxa de cliques oferecerá insights sobre o interesse de seu público nos conteúdos compartilhados. Além disso, será possível observar se a segmentação da distribuição desse conteúdo está correta.

Retorno Sobre o Investimento (ROI)

O Retorno Sobre o Investimento (Return Over Investment ou ROI) é uma das métricas mais importantes e pode ser utilizada em praticamente qualquer ação de marketing.

O cálculo do ROI é muito simples:

ROI = faturamento – investimentos ÷ investimentos

Dessa forma, é possível calcular qual é o retorno obtido com as ações de marketing realizadas.

Custo de Aquisição de Clientes (CAC)

De forma semelhante ao ROI, também é muito importante calcular o Custo de Aquisição de Clientes para identificar a necessidade de otimizar as estratégias para reduzir ao máximo esse custo.

Essa métrica pode ser utilizada tanto para ações de Inbound Marketing como de publicidade e anúncios pagos. Nesse caso, o cálculo é feito da seguinte forma:

Custo de Aquisição = investimento ÷ número de novos alunos

Lifetime Value (LTV)

O Lifetime Value ou, em português, Valor do Tempo de Vida, busca identificar a média de retorno financeiro que cada cliente pode dar à empresa. Essa métrica parte da perspectiva de que cada cliente tem um ciclo de vida e, nesse período, é possível estimar uma média de rendimentos associados a ele.

Para fazer o cálculo, você deve usar o valor do Ticket Médio e multiplicá-lo pelo tempo médio de retenção de cada cliente. Portanto, se o Ticket Médio for R$ 900,00/mês e o tempo médio de retenção do cliente é de 6 meses, o LTV será de R$ 5.400,00.

Taxa de rejeição

Fique atento à taxa de rejeição do cliente

Você já ouviu falar sobre a taxa de rejeição? O nome pode assustar um pouco, mas essa é uma das métricas de Inbound Marketing de fácil compreensão e também bastante estratégica.

Esse indicador se refere ao percentual de visitantes de sua página que, ao acessá-la, não navegam por nenhuma outra aba ou link. Isto é, o usuário acessou seu blog ou site, mas não navegou por outra aba e saiu pela mesma página que entrou.

Esse comportamento indica um baixo engajamento da audiência. Logo, quanto maior a taxa de rejeição, pior é a avaliação de sua estratégia de conteúdo.

Ticket médio

O ticket médio é uma métrica que representa o valor médio que cada cliente gasta em produtos ou serviços de uma empresa. Para calculá-lo, basta somar todas as vendas de um período e dividir o valor pelo número de clientes.

Logo, para que a empresa obtenha lucro a partir das suas atividades, é preciso que o valor de ticket médio seja superior ao do custo de aquisição dos clientes.

Para finalizar, é importante ressaltar que as métricas de Inbound Marketing e outras ações características dessa estratégia podem ter resultados mais promissores em menos tempo quando as empresas contam com o trabalho de agências especializadas. No contexto de instituições de ensino, essa realidade tem se mostrado ainda mais verdadeira.

Por isso, aproveite e confira: 6 motivos pelos quais colégios e faculdades escolhem agências de marketing especialistas em Educação.