Entenda quais são as possibilidades relacionados ao Marketing de Conteúdo Educacional para a sua IE

Marketing de conteúdo educacional: aumente suas matrículas

O Marketing de Conteúdo Educacional é uma estratégia que vem se consolidando no âmbito de instituições de ensino. Para quem não conhece, a proposta por trás dessa abordagem é estabelecer uma relação de troca com o público.

De um lado, temos a oferta de conteúdo de interesse para aquela audiência. De outro, a instituição se consolida enquanto um agente capaz de auxiliar o público em questões de seu interesse, se tornando uma referência em seu segmento de atuação e se credenciando para estabelecer com ele uma relação comercial.

Pensando em apresentar o Marketing de Conteúdo Educacional e suas possibilidades para gestores de instituições de ensino, preparamos este artigo repleto de informações. Continue a leitura e saiba mais.

O que é o Marketing de Conteúdo Educacional?

Como vínhamos falando, o Marketing de ConteúdoEducacional opera sob a lógica de atrair e reter alunos. Para isso, são disponibilizados materiais, como blog posts, ebooks, videoaulas e webinars.

Todo esse conteúdo é planejado e produzido para entregar valor para a audiência e posicionar a instituição de ensino enquanto autoridade em seu segmento de atuação. O foco aqui não é falar somente e diretamente dos serviços e produtos oferecidos pela empresa e, sim, atrair, se tornar relevante e consolidar uma percepção positiva da marca.

Vantagens em adotar o Marketing de Conteúdo Educacional em sua IE

Marketing de Conteúdo Educacional atrai mais alunos para a sua IE

Vejamos, então, quais são as principais vantagens associadas ao Marketing de Conteúdo.

Atrai novos alunos

Marketing de Conteúdo tem tudo a ver com educação. Afinal, essa estratégia, de certa forma, pode ser resumida a um processo de educação da audiência, à medida que a disponibilização de conteúdo também contribui para o objetivo de trazer esclarecimentos sobre os serviços oferecidos pela empresa e, consequentemente, atrair mais clientes.

Mantém e qualifica o relacionamento com a audiência

Um dos grandes desafios de qualquer negócio nos dias de hoje é manter e qualificar o relacionamento com sua audiência. Afinal, é muito mais barato investir na fidelização do que na aquisição de novos clientes.

No mercado educacional não é diferente: interessa às instituições de ensino manter relacionamento com os alunos já matriculados e qualificar esse relacionamento para que eles mesmos promovam os serviços da escola, faculdade ou curso o qual frequentam. Um dos objetivos dessa estratégia é fazer com que o aluno permaneça na IE.

Pensando nesse objetivo, o Marketing de Conteúdo é uma estratégia absolutamente relevante, pois é um meio da instituição entregar valor constantemente para o seu público. Com conteúdos direcionados e distribuídos em diferentes canais, como e-mail, redes sociais e blogs, é possível tratar de temas do interesse da audiência e até promover interações.

Confere autoridade à IE

Como já destacamos, o Marketing de Conteúdo Educacional também é uma estratégia para a construção de autoridade. Afinal, ao disponibilizar materiais relacionados ao seu segmento de atuação, a IE se coloca como um agente capaz de auxiliar o público em questões de seu interesse e passa a ser enxergada como uma verdadeira parceira.

No caso de escolas e faculdades, por exemplo, é comum haver uma comunidade bastante engajada em torno da instituição de ensino. Interessa aos estudantes ter acesso a materiais de apoio para as disciplinas cursadas, discutir assuntos de destaque nos noticiários e acompanhar melhores práticas metodológicas na área de Educação.

À medida que a instituição organiza o debate em torno de todos esses temas e produz conteúdo relevante, é natural que ela obtenha um ganho de autoridade.

Tendências do Marketing de Conteúdo

Confira, agora, quais são as principais tendências quando o assunto é Marketing de Conteúdo.

Produção de conteúdo em vídeo

Transmissões ao vivo estão em alta

Já faz algum tempo que todo conteúdo produzido para a web vem sendo otimizado para ser visualizado em dispositivos móveis. Isso porque a navegação via desktop está, cada vez mais, sendo substituída pelo acesso via celulares e tablets.

Essa mudança veio acompanhada de outra ainda mais importante, que é a predominância dos conteúdos em vídeo em detrimento dos textos. Nesse caso, a transformação também se deu em função da experiência do usuário, pois diversas plataformas, como o Facebook e o Instagram, perceberam que o conteúdo audiovisual tem maior aceitação.

Tenha em mente que, do ponto de vista do usuário, pode ser mais interessante consumir um conteúdo em vídeo do que em texto, pois uma leitura extensa via celular costuma não ser agradável.

Pensando nisso, é interessante dar preferência a conteúdos audiovisuais ao estruturar sua estratégia de Marketing de Conteúdo Educacional. Em redes sociais, como o Instagram, por exemplo, você perceberá o quanto essa já é uma tendência consolidada e como instituições de ensino consideradas referência já seguem essa linha.

Transmissões ao vivo

As transmissões ao vivo representam outra tendência do Marketing de Conteúdo Educacional. A propósito, esse é um formato explorado à exaustão durante a pandemia, período em que os eventos presenciais estão inviabilizados.

No entanto, independentemente desse cenário, essa é uma abordagem promissora. Para citarmos apenas alguns exemplos, podemos falar de aulas ao vivo, tours virtuais pela instituição, apresentações para potenciais alunos, promoção de sorteios, entre muitas outras possibilidades.

Em todos esses casos, o mais interessante é poder estabelecer trocas com sua audiência em tempo real – tipo de interação que outros formatos de conteúdo não possibilitam.

Distribuição de conteúdo pago

Quando se fala em Marketing de Conteúdo, quase nunca se pensa na distribuição de conteúdo pago, já que para atrair e manter relacionamento com uma audiência, o mais recomendado é se disponibilizar conteúdo gratuito.

No entanto, nem todo material precisa ser gratuito. Inclusive, desde que sua instituição já tenha construído certa autoridade com o público, é natural que exista uma predisposição para o investimento em conteúdo pago. Temos, como exemplo, vídeo aulas e guias com informações de interesse da sua audiência.

Tenha em vista que, atualmente, o volume de conteúdo gratuito disponível sobre os mais diversos temas é gigantesco e nem sempre se preza por qualidade. Assim, se a proposta de valor do material for interessante, é possível obter bons ganhos.

E aí, o que você achou deste artigo sobre Marketing de Conteúdo Educacional? Para continuar se aprofundando nessa temática, leia também este conteúdo: “Blogs para instituições de ensino: 5 motivos para criar o seu”.