Entenda como o Inbound Marketing pode ser relevante para o seu negócio

Invista em Inbound Marketing: o melhor custo-benefício entre as modalidades de marketing

O Inbound Marketing ou marketing de atração, inaugurou uma nova era na forma como se faz marketing. Isso porque estamos falando de uma abordagem pouca ou quase nada relacionada à publicidade tradicional, caracterizada por uma promoção simples e direta dos produtos e serviços das empresas.

Essa mudança de concepção acompanha os tempos em que vivemos, em que ninguém mais deseja ser interrompido, no meio do dia, pela ligação de uma empresa desconhecida oferecendo uma oferta qualquer.

As mudanças em questão também acontecem em função da internet. Se antes a popular expressão “uma imagem vale mais que mil palavras” fazia todo sentido, tendo em vista o espaço reduzido e elevado custo para veicular um anúncio na TV ou em uma revista de grande circulação, hoje a história é outra.

Embora o espaço destinado a anúncios em sites com grande volume de acessos continue concorrido, as possibilidades de atingir determinado público são inúmeras e envolvem estratégias relacionadas à produção de conteúdo – muito conteúdo.

Neste artigo, vamos nos aprofundar nessa discussão sobre as diversas formas de aplicar o Inbound Marketing e demonstrar porque ele conta com o melhor custo-benefício. Confira!

O que é Inbound Marketing?

O Inbound Marketing pode ser entendido como um conjunto de estratégias e técnicas que envolvem o desenvolvimento e compartilhamento de conteúdos, enviados em momentos determinados e para públicos específicos. Os materiais produzidos tratam de assuntos de interesse dessa audiência sem, necessariamente, vender as soluções da empresa.

O ponto central dessa estratégia é ajudar as pessoas a resolver “dores” e problemas relacionados ao segmento de atuação da empresa e, a partir disso, estabelecer um relacionamento com seus potenciais clientes. Com esse “canal de comunicação” aberto, o time de marketing mantém um fluxo de entrega de conteúdo relevante e, ao mesmo tempo, educa aquele público em relação à solução que a empresa oferece.

Em resumo, é como se a empresa se fizesse relevante para resolver uma série de demandas de seu público-alvo e, após estabelecer um relacionamento e construir certa autoridade, essa audiência passa a receber, de forma contextualizada, uma abordagem voltada para vendas.

Principais ferramentas de Inbound Marketing

Conheça as principais ferramentas de Inbound Marketing

Marketing de Conteúdo

Como vínhamos falando no tópico anterior, o conteúdo conta com uma grande centralidade em uma estratégia de Inbound Marketing. E, para que você entenda, na prática, como essa abordagem funciona, vamos apresentar um exemplo.

Imagine uma marca de pneus que passe a veicular conteúdo em diferentes canais, como blog, redes sociais e e-mail. Podemos delimitar o público dessa empresa como qualquer pessoa que tenha um carro e presumir que elas tenham dúvidas relacionadas à conservação dos pneus e manutenção de veículos de forma geral.

Conhecido esse perfil, temos uma vasta possibilidade de temas a explorar em uma estratégia de conteúdo, como dicas sobre mecânica, mudanças na legislação de trânsito, tutoriais para dirigir em dias de chuva, tipos de pneus, entre outros.

Perceba que muitos desses temas não dizem respeito diretamente ao produto comercializado por uma marca de pneus, mas tratam de questões relacionadas ao universo dos carros de maneira geral. E é a partir dessa perspectiva que podemos identificar como o Inbound Marketing funciona.

A intenção, pelo menos em um primeiro momento, não é apresentar as soluções que uma empresa oferece, e sim atrair uma audiência. Somente depois de ser qualificado com um fluxo constante de materiais relevantes, contextualizados para aquilo que buscam no momento, esse público será convidado a conhecer os produtos e serviços da empresa.

SEO

Outra técnica utilizada pelo Inbound Marketing é o SEO (Search Engine Optmization). Essa técnica, basicamente, se refere à otimização de sites para mecanismos de buscas, como o Google. Tenha em vista que é de interesse de sua empresa aparecer nas primeiras posições em buscas para os termos relacionados ao seu segmento de mercado.

Não se esqueça de que é uma tendência do consumidor moderno pesquisar as características de um produto ou serviço que deseja adquirir na internet antes de efetivar uma compra, ainda que ela seja feita em loja física.

A otimização, em si, é a adequação do formato e do conteúdo das páginas a determinados parâmetros, como posicionamento de palavras-chave, construção de URLs amigáveis, sites responsivos, entre muitos outros. Quanto mais adequado a esses parâmetros for uma página, maiores as chances de ela ser identificada como relevante pelos algoritmos do Google.

E-mail marketing

Outro exemplo de ferramenta do Inbound Marketing é o e-mail marketing. Como você já deve saber, o e-mail é um canal extremamente estratégico para manter um relacionamento com sua audiência. Nesse meio, você pode veicular materiais de sua estratégia de conteúdo, como e-books, vídeos com tutoriais sobre seus produtos, textos informativos e chamadas para artigo de seu blog corporativo.

E, a partir das informações que os servidores de e-mail fornecem, como taxa de abertura, cliques e entrega, é possível monitorar a efetividade de sua estratégia. Por exemplo, uma campanha que conta com uma elevada taxa de abertura de suas mensagens, certamente impactou o seu público. Ou, ainda, se um grande número de pessoas fez o download de determinado material, temos mais um indicador positivo.

Todas essas informações, depois de compiladas e analisadas, podem servir para segmentar o seu público, contribuindo para que você passe a contatar as pessoas de forma muito mais personalizada.

Principais vantagens de investir em Inbound Marketing

Agora que você já conhece um pouco mais sobre uma estratégia de Inbound Marketing, podemos falar de suas principais vantagens. Acompanhe.

Consolidação da presença digital de sua marca

Ainda que seu negócio não venda online, o Inbound Marketing ajudará a consolidar sua presença digital. Afinal de contas, estamos falando de uma estratégia implementada justamente nesse ambiente, que envolve uma série de ações que conferem visibilidade ao seu negócio na internet.

Geração de leads qualificados

Todos os processos de Inbound Marketing são voltados para a qualificação de leads. Os conteúdos produzidos de forma personalizada cumprem, justamente, a função de “nutrir” um potencial consumidor com informações úteis para ele. Ao mesmo tempo, esse fluxo de conteúdo se afunila para estágios em que há sugestões para a aquisição dos produtos e serviços que a empresa oferece.

Dessa forma, podemos dizer que uma das principais vantagens dessa estratégia é proporcionar leads qualificados. Na prática, isso se traduz em processos de vendas mais efetivos, uma vez que o time de vendas ou os vendedores estabelecerão contato com pessoas mais propensas a efetivar uma compra, em função de todo o trabalho de marketing realizado previamente.

Baixo investimento

Comparativamente às ações de outbound marketing, o chamado marketing tradicional, as ações de Inbound Marketing são consideravelmente mais baratas. Para confirmar essa condição, basta comparar os custos de anúncios em redes sociais, páginas com elevado número de visitantes e veículos de mídia, ao investimento em e-mail marketing, marketing de conteúdo ou SEO.

Atingir um número de pessoas via anúncio é algo fora da realidade para a maioria das pequenas e médias empresas. Por outro lado, em termos financeiros, apostar nas ferramentas de inbound é possível para qualquer negócio.

E, para continuar acompanhando conteúdos relevantes sobre marketing, que tal conferir mais este artigo de nosso blog: Por que a análise de dados é imprescindível para os resultados.