Funil de captação de aluno: o que fazer em cada etapa

Funil de captação de aluno: o que fazer em cada etapa

De maneira geral, o segmento de educação, hoje, já entende o poder de ter um Marketing Digital bem estruturado. Nesse contexto, um funil de captação de aluno, aliado a um bom planejamento, estratégias e ferramentas digitais, pode impulsionar significativamente os resultados de sua campanha de matrículas.

No artigo de hoje, falaremos mais sobre como trabalhar de maneira eficiente em cada etapa do funil de captação de alunos. Quais são os benefícios? Como se atentar a diferentes perfis de público e formular uma estratégia que converta alunos? Saiba mais a seguir.

O que é um funil de captação de aluno?

O que é funil de captação de aluno

Como em qualquer outra área, as estratégias de marketing precisam de um caminho e de um fluxo que facilite a conquista dos objetivos traçados.

O funil de captação de aluno é um modelo estratégico fundamental para conduzir o visitante de seu canal digital até a conversão em cliente. Ele ajuda a estruturar cada passo e a identificar quais ações são mais adequadas para impulsionar a realização de uma matrícula. 

Quais são os principais benefícios do funil de captação de aluno?

Iniciar o processo de atração de alunos em potencial é algo que ocorre muito antes da inscrição. É possível que sua IE, hoje, esteja perdendo potenciais alunos por não saber identificar como otimizar sua estratégia. Um funil de captação de alunos permite que sua equipe enxergue esses espaços e tenha maior previsibilidade e controle do processo.

Com isso, o propósito de um funil de captação de aluno é categorizar os níveis de cada um dos alunos em potencial de sua instituição de ensino. Assim, capta-se uma pessoa qualificada, que foi atraída, informada e orientada pelo acompanhamento e ações de sua IE.

A seguir, veremos isso em mais detalhes para cada uma das etapas do funil.

Boas práticas em ações para cada etapa do funil de captação de aluno

Ações em cada etapa do funil de captação de aluno

O funil de captação de aluno é composto por três etapas e, para cada uma delas, há diversos tipos de iniciativas que podem ser desenvolvidas para estimular a progressão do lead até o momento de decisão de compra.

São elas:

1. Topo do funil: etapa de atração

Aqui temos, por exemplo, visitantes do site de sua IE ou alguém que resolveu seguir seu perfil nas redes sociais. De toda forma, nenhuma ação de conversão foi tomada.

Nesse ponto, o primeiro passo é a criação de personas, ou seja, representações do público ideal que sua instituição de ensino deseja atrair.

As ações de Marketing de Conteúdo, nessa fase, portanto, devem estar direcionadas para atrair visitantes com o perfil estabelecido.

Ferramentas de análise de palavras-chave utilizadas em busca, por exemplo, são valiosas para criar os conteúdos.

Ações como blog posts introdutórios sobre uma nova profissão, ou, ainda, publicações nas redes sociais sobre dicas de estudos, são iniciativas que podem começar respondendo às questões mais gerais envolvendo essas palavras-chave, preparando os visitantes para eventualmente deixar seus contatos (ou seja, tornando-se leads).

2. Meio do funil: etapa de consideração

No meio do funil de captação de aluno, sua presença digital já não está lidando com um visitante curioso. Aqui, temos pessoas interessadas em compartilhar suas informações de contato para conhecer mais sobre a melhor solução para o que elas desejam.

Com isso, as ações de nutrição do meio de funil devem explorar mais os critérios que vão fazer parte da futura tomada de decisão.

Uma aula de amostra de um curso, por exemplo, pode ajudar a orientar o aluno em potencial para que ele entenda mais sobre a metodologia de ensino adotada em sua IE (além de contribuir para a coleta de dados para sua base de contatos). Ou, ainda, uma ação de e-mail marketing que possa destacar as vantagens de um curso técnico específico pode ser eficiente nessa etapa.

3. Fundo do funil: etapa de decisão

Nessa fase, o aluno em potencial é o que chamamos no marketing de lead qualificado (ou MQL, Marketing Qualified Lead). A decisão é o próximo passo.

Essa pessoa sabe o que precisa para resolver seu problema ou dor, pois passou pelas etapas anteriores do funil. Ela também conhece a solução, pois recebeu mais detalhes por meio de suas ações de nutrição. Entretanto, ainda é preciso oferecer a esse possível aluno informações cruciais para ele decidir se matricular no seu curso.

Por isso, os conteúdos e ações de fundo de funil já são mais detalhados. Um e-book aprofundado sobre os diferenciais de sua marca, dos cursos ofertados em sua IE ou, ainda, um guia que já prepara seu potencial aluno para o processo seletivo de um curso específico são algumas alternativas.

Uma característica dessa etapa do funil de captação de aluno está em mostrar os destaques de sua instituição de ensino. Nesse caso, estratégias com abordagem mais comercial, que auxiliem os argumentos de sua equipe de vendas e possam satisfazer as dúvidas dos leads qualificados são cruciais para estimular seu engajamento e decisão de compra.

Um canal valioso para este trabalho é um site educacional bem estruturado e atraente, que permita implementar as estratégias para todas as etapas de seu funil de captação de aluno. 

Para saber mais sobre como otimizar este canal, confira nosso artigo com dicas sobre o que não pode faltar em seu site educacional.