Produza cursos online com baixo orçamento

5 Dicas para produzir cursos online com baixo orçamento

A produção de cursos online tem se mostrado um caminho sem volta. Pelo menos é o que alguns estudos vêm apontando. A revista americana Forbes, por exemplo, realizou um levantamento que aponta para U$ 325 bilhões de dólares em investimentos em módulos de educação a distância naquele país somente no ano de 2019. Entre 2010 e 2015, esse montante foi de U$ 107 bilhões.

No Brasil, o que se observa é um movimento similar. Dados do Censo EAD 2018/2019, conduzido pela Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED), há cerca de 730 mil alunos em cursos a distância regulares, 417 mil em cursos semipresenciais e mais de 1 milhão de alunos em cursos livres corporativos online.

O que chama a atenção em retrospecto recente do Censo EAD é o crescimento dos cursos corporativos, que obtiveram crescimento de mais de 300% entre 2016 e 2019. Tais números apontam para uma direção: empresas de todos os segmentos estão produzindo vídeos massivamente para a internet, seja para educar os consumidores em relação a suas soluções, seja para comercialização de cursos, que neste caso, seria o próprio produto.

E para você que deseja levar essa estratégia para o seu negócio, preparamos este artigo com 5 dicas práticas para começar a produzir cursos em vídeo para a internet. Não deixe de conferir!

1. Pré-produção é fundamental em cursos online

Tudo começa pelo trabalho de planejamento e pré-produção do material que será transformado em cursos online. Quanto a isso, é preciso ter uma ideia clara do que se deseja produzir, o objetivo que se quer alcançar com o vídeo, e pensar em algo que seja, de fato, relevante. Escolher um tema com o qual se tenha domínio e afinidade ajuda bastante nesse sentido.

Nessa fase, vale investir em sua própria qualificação ou contar com um jornalista. Produzir roteiro para seus vídeos e estar de frente às câmeras pode não ser tão fácil para quem nunca fez isso antes.

Para a produção de seus primeiros conteúdos, vale contar com ajuda profissional

2. Saiba se comunicar com seu público

Qual será a mensagem central de seus vídeos produzidos para a internet? Qual a relevância desta mensagem para seu público? A resposta para perguntas como essas servirá como norte no momento de planejar o tipo de linguagem e abordagem empregada nos conteúdos produzidos por você. Como em qualquer outra mídia, os vídeos também devem levar em conta um público-alvo.

3. Invista em equipamentos

Quando se trata de equipamentos para gravação de cursos online, não perca de vista as seguintes demandas:

  • equipamento para captação de áudio;
  • equipamento para captação de imagem;
  • ferramenta para edição.

O investimento para adquirir todos esses equipamentos pode variar bastante, atendendo a disponibilidade financeira de quem conta com pequenos orçamentos. O importante é empregar a melhor preparação possível para o equipamento à sua disposição na produção de cursos online. Nos próximos tópicos, traremos algumas dicas a esse respeito.

4. Captação de áudio

Sabe aquele canal no Youtube que você tanto gosta? Talvez você não gostasse tanto dele caso os áudios dos vídeos apresentassem ruídos e falhas. Com isso queremos dizer que o fator que confere mais profissionalismo a este tipo de mídia é o áudio.

Quer outro exemplo? Muitas vezes, a imagem de um vídeo pode ser excelente, mas se o áudio está comprometido a experiência de quem está assistindo será necessariamente ruim. Afinal, é indispensável ouvir o que está sendo dito.

Por isso, invista em um microfone de lapela para captação do áudio de seus vídeos para a internet. Ao contrário do microfone dos celulares, por exemplo, chamados de omnidirecional, que captam áudio de todas as direções, esse equipamento é feito sob medida para captar o áudio da direção em que estiver posicionado.

Ao mesmo tempo, ele não precisa ser segurado tal qual um microfone tradicional, como nos telejornais. Você pode, até mesmo, conectá-lo diretamente em seu celular, o que, inclusive, dispensa o trabalho de edição de áudio.

Invista na captação de áudio de suas produções

5. Edição e pós-produção

Você deve ter notado que não dispensamos um tópico exclusivamente para tratar do trabalho de captação de imagem. Isso tem um motivo: a maioria dos smartphones hoje contam com a opção de gravar vídeos em HD (alta definição), o que por si só já possibilita a maioria das pessoas produzir material em vídeo com excelente qualidade. A maior preocupação, portanto, fica por conta do trabalho de captação de áudio e edição.

E nessa fase de pós-produção é preciso se atentar a muitos pontos, sendo alguns deles:

  • criação de uma identidade visual com layout e caracteres que correspondam à identidade visual de sua empresa;
  • corte de trechos desnecessários, de modo a conferir maior concisão e ritmo aos vídeos;
  • cuidado com a utilização de músicas de fundo. Em caso de vídeo-aulas, por exemplo, muitas pessoas se sentem incomodadas pelo som em sobreposição à voz do professor.

E, para fazer tudo isso, você precisará de um computador com bom processador e memória RAM, além de um software próprio para edição. Para operação de softwares profissionais, se faz necessário algum conhecimento técnico, o que faz parte do já citado esforço de qualificação que você deve empreender para tomar frente da produção de seus cursos online.

Como você pôde notar neste artigo sobre produção de cursos online, é perfeitamente possível levar este tipo de mídia tão popular para o contexto da estratégia de comunicação de sua empresa. Seja para produção de vídeos corporativos envolvendo treinamento dentro da própria organização ou produções relacionadas ao público externo, o potencial retorno financeiro é excelente.

E para se aprofundar ainda mais neste tema, fica o convite para que você confira mais este conteúdo de nosso blog “[Cursos online] Como fechar mais matrículas com estratégias de baixo custo