[Checklist] Confira se o Inbound Marketing se encaixa com os objetivos da sua empresa

maio 21, 2018 Natália Araujo

Checklist do Inbound Marketing

O marketing é uma área ampla e conta com muitas vertentes. Uma delas é o Inbound Marketing, que está ganhando cada vez mais força entre os empreendedores que desejam não apenas divulgar sua empresa mas, principalmente, gerar novos negócios. Porém, o Inbound não é uma solução mágica e pode não ser a resposta ideal para qualquer situação. Por isso, você precisa identificar se ele se encaixa com os objetivos de sua empresa.

Nesse post, você verá um checklist de objetivos empresariais e como o Inbound Marketing colabora para a concretização de cada um deles. Quanto mais itens dessa lista forem compatíveis com os objetivos da sua empresa, maior a probabilidade de que o Inbound seja a solução que você precisa. Vamos lá?

O que é Inbound Marketing

Não podemos entrar no checklist sem, antes, esclarecer o que é o Inbound Marketing. Esse é o termo usado para designar as estratégias de marketing focadas em atrair o cliente, em vez de correr atrás dele. Devido a essa natureza, é também chamado de “marketing de atração”.

O Inbound é primordialmente digital, e apoia-se em conteúdo, SEO e social media. De maneira geral, ele busca criar e promover conteúdo relevante para gerar leads (potenciais clientes com alguma informação de contato) e convertê-los em clientes. Além de permitir obter novos clientes, o Inbound também garante que eles sejam mais fiéis e defensores da marca.

Checklist de objetivos empresariais

1. Reduzir custos

Reduzir custos é uma das alternativas para aumentar a lucratividade do negócio.

O marketing costuma ser um setor que concentra altos custos; basta pensar no investimento necessário para publicar uma propaganda em mídia impressa: em um jornal como o Estadão, o preço pode ultrapassar as centenas de milhares de reais! Vale a pena lembrar que, com ações tradicionais, nem sempre é possível medir o retorno do investimento realizado.

calculadora e outros materiais de papelaria em cima de uma mesaEssa combinação é um pesadelo para os empreendedores e gestores.

Felizmente, o Inbound Marketing oferece uma alternativa viável para reduzir os gastos do setor de marketing porque, nessa vertente de estratégias, é possível fazer muito com pouco (ou nenhum) investimento. Você não precisa pagar nada para criar uma página da empresa no Facebook e atingir, potencialmente, milhares de usuários ativos da rede social.

Além disso, graças à tecnologia, você tem diversas maneiras de avaliar os resultados de qualquer ação específica. Isso quer dizer que, se uma ação de Inbound não estiver colaborando para o negócio de forma significativa, será possível eliminá-la e cortar os custos correspondentes.

2. Conquistar novos clientes

Se uma das maneiras de melhorar a lucratividade da empresa é reduzindo custos, a outra possibilidade é aumentar o faturamento. E existem três maneiras de fazer isso:

  • Vendendo mais para os clientes atuais (em outras palavras, aumentar o ticket médio);
  • Vendendo por mais tempo para os clientes atuais (em outras palavras, aumentar o ciclo de vida);
  • Vender para novos clientes.

Primeiro, vamos falar sobre esta terceira maneira, que é muito fácil de relacionar ao marketing e, acima de tudo, ao Inbound.

Como já foi dito ao explicar o conceito de Inbound Marketing, ele possibilita converter leads em clientes e gerar novos negócios. Seria possível fazer isso por meio de outras estratégias? Certamente. No entanto, o Inbound permite automatizar esse processo, o que significa reduzir o esforço e aumentar o potencial de resultados ao infinito.

Imagine que você tentasse conquistar novos clientes através de uma equipe de vendas realizando prospecção ativa. A equipe tem 10 funcionários, e cada um deles consegue fazer contato com 50 potenciais clientes por dia. Então, em um dia, sua prospecção resultaria em 500 potenciais clientes. Assumindo 1% de conversão, seriam 5 novos clientes efetivos por dia.

Agora, imagine que você criou e implementou um funil de Inbound Marketing totalmente otimizado. Esse funil é composto de conteúdo em blogs, e-mail marketing, relacionamento nas redes sociais. Ele não depende de força humana e, portanto, não está limitado pela capacidade de trabalho. Por isso, desde que seja feito um bom trabalho, nada impede que 100.000 pessoas entrem em contato com o seu funil todos os dias. Com a mesma taxa de conversão, são 1.000 novos clientes efetivos por dia!

Esse é o poder da automação: ela não está sujeita aos limites do trabalho manual. E o Inbound Marketing é automatizado e otimizado para garantir que você tenha a oportunidade de conquistar novos clientes, com menos esforço. Em outras palavras, ele permite criar um sistema que trabalha por você, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

3. Aumentar ticket médio

Além de conquistar novos clientes, outro típico objetivo empresarial é aumentar o ticket médio para obter melhor faturamento. Para isso, realiza-se dois processos: o cross-sell (vender outros produtos relacionados) e up-sell (vender mais do mesmo produto).

Sacolas de compras

Se a sua empresa tem esse objetivo, o Inbound Marketing pode colaborar. Ele permite que você segmente suas ações baseado no perfil de seu cliente (persona). Se uma persona é o comprador do produto A, e você acredita que ele pode se interessar no produto B, você pode criar um funil focado em levá-lo a essa compra.

Que tal entender melhor com um exemplo?

Imagine uma empresa de cosméticos, desenvolvendo uma estratégia de conteúdo. Uma das personas dessa empresa é a cliente que compra maquiagem. Essa cliente geralmente vem ao blog da empresa para ler conteúdos sobre técnicas e dicas de maquiagem.

Se a empresa quiser realizar um cross-sell, pode adaptar seus conteúdos para abordar a importância da saúde da pele no resultado da maquiagem. Daí, conduzir sua cliente para conteúdos mais específicos sobre como cuidar da pele, sobre os tipos de produtos de cuidados com a pele e como escolher na hora de comprar e, finalmente, sobre as opções que a empresa oferece e seus benefícios.

Dessa maneira, a empresa conseguiu conduzir a cliente que comprava apenas maquiagens a conhecer um outro produto; e, através da jornada de compra, levá-la à decisão de adquirir esse novo produto. A cliente que comprava apenas batom e delineador vai começar a comprar também hidratantes e esfoliantes. O resultado é um aumento no ticket médio.

4. Aumentar o ciclo de vida

As empresas também buscam aumentar o ciclo de vida dos clientes, como forma de elevar o faturamento e o lucro. Esse objetivo é ainda mais relevante porque ele não diz respeito apenas a efeitos imediatos, mas em longo prazo. Em outras palavras, ele afeta a sustentabilidade e longevidade do negócio. E, claro, você deve estar se perguntando como o Inbound Marketing pode ajudar.

A pista está no item anterior. Você observou como nosso exemplo falava de uma cliente da empresa de cosméticos que acompanhava o blog da empresa?

Pois é, o Inbound não é feito apenas para conduzir o consumidor do estágio em que ele não conhece sua empresa ao momento da compra. Mesmo depois da conversão de lead em cliente, o Inbound bem feito continua agindo, levando a novas compras, o que implica no aumento do ciclo de vida do cliente.

E não se esqueça de que, apesar do exemplo ter sido com conteúdo em um blog, você tem outras alternativas para gerar informação relevante e re-atrair seu cliente. O envio de e-mail marketing é uma alternativa mais direta; a produção de vídeos para Youtube, mais dinâmica; a publicação de microconteúdo pelo Facebook ou Twitter, mais acessível. A escolha da combinação ideal depende do posicionamento da sua empresa e do perfil do cliente, mas é totalmente flexível.

Agora que você já sabe como o Inbound Marketing atende aos objetivos empresariais mais comuns, é hora de verificar se ele encaixou com os objetivos da sua empresa.

Você vai notar que o Inbound é uma alternativa inteligente para quase todo tipo de negócio. Mas, eventualmente, é possível complementá-lo com estratégias de Outbound. Como é o caso dos links patrocinados, que são úteis para gerar tráfego inicial para seus canais de marketing.

Ainda não tem certeza de que o Inbound Marketing é a escolha ideal? Então, confira também o post em que respondemos a uma das perguntas mais comuns entre os gestores e empreendedores: Inbound Marketing funciona com qualquer empresa?

Tags:, ,