5 Dicas de Como Atrair Clientes com o Marketing Digital

julho 9, 2018 Natália Araujo

homem digitando no lap top

Você pode ter visto nosso último post aqui no blog, no qual falamos sobre a definição de Por quê, Para quem e Como fazer Inbound Marketing. Essa definição é o “ponto zero”, ela vem antes da primeira etapa do Inbound. Hoje, é a hora de falar sobre a primeira etapa: atrair clientes.

Existem várias maneiras de atrair clientes com o Inbound Marketing — afinal, ele é o próprio marketing de atração. Então, que tal conferir essas cinco dicas simples, mas eficazes, para gerar tráfego e formar uma audiência?

1. Entenda qual é o tipo de conteúdo que você deve criar

A maioria das pessoas confunde Inbound Marketing com Marketing de Conteúdo porque, embora eles não sejam a mesma coisa, os dois andam juntos com muita frequência. Sim, o conteúdo, especialmente aquele publicado no blog da sua empresa, deve ter um espaço importante na estratégia de Inbound. Porém, aqui vai a dica: não é qualquer conteúdo que vai colaborar para atrair clientes.

máquina de escrever

O tipo de conteúdo que realmente traz pessoas para o seu blog é aquele relevante para elas. Isso significa que não adianta começar falando sobre a sua empresa, porque os leitores não estão interessados nisso. O que eles querem ver é conteúdo sobre suas dúvidas, suas necessidades, seus problemas — especialmente se esse conteúdo ajudar a resolvê-los.

Em resumo, para atrair clientes, produza conteúdo focado no seu público, na sua persona. Você terá oportunidade para falar da sua empresa depois.

2. Adote boas práticas de SEO

A segunda dica é buscar maneiras de otimizar as páginas do site e do blog da sua empresa para conquistar um posicionamento melhor no Google (e outros sites de busca, como Bing e Yahoo!). O que isso tem a ver com atrair clientes? Tudo! Quando uma pessoa faz pesquisas no Google, ela vai clicar nos resultados que aparecem no topo. Quanto mais perto do 1º lugar suas páginas estiverem, mais cliques elas vão receber.

Vale o alerta: não tente burlar o sistema. Não adianta tentar usar uma palavra-chave inúmeras vezes na mesma página para alcançar o topo. Os algoritmos do Google para determinar o ranqueamento estão cada vez mais inteligentes, e páginas que usam más práticas acabam sendo punidas, perdendo relevância nas buscas.

3. Pesquise as palavras-chaves

Já que demos uma dica de SEO, não poderíamos deixar de fora outro tema fortemente relacionado: as palavras-chaves. Se você decide qual palavra-chave vai utilizar em cada página com base em palpites, cuidado! Você pode estar escolhendo mal.

A melhor maneira de definir palavras-chaves é utilizando uma ferramenta própria para pesquisa-las. Certas ferramentas permitem descobrir quais são as palavras-chaves que recebem mais buscas dentro de um certo universo, ajudam a identificar variantes e palavras-chaves relacionadas que você pode explorar, e até indicam qual é o nível de concorrência para cada uma delas.

Uma boa ferramenta, e completamente gratuita, é o Google Keyword Planner. Em geral, ele é utilizado para planejar campanhas de Adwords, mas pode ajudar você a pensar em palavras-chave para suas páginas e blog posts.

4. Invista de maneira inteligente em Mídias Pagas

As mídias pagas são exatamente o que o nome indica: você paga para que elas apareçam em lugares estratégicos e gerem tráfego para os seus canais principais de Inbound Marketing. Alguns exemplos são os links patrocinados do Google Adwords, os posts patrocinados do Facebook, e qualquer tipo de social post patrocinado feito por celebridades e influenciadores digitais.

Bom, a dica é que você invista nessas mídias de maneira inteligente. Isso significa que você precisa encontrar a maneira de conseguir gerar o máximo de tráfego, com o mínimo de investimento possível. Afinal, as mídias pagas são importantes, mas elas são apenas um trampolim — não a base da sua estratégia de Marketing.

Uma boa maneira de descobrir onde está o melhor custo-benefício é fazendo alguns pequenos testes com diferentes alternativas de mídias pagas. Uma vez que você identifique qual delas traz mais resultado com menor custo, aposte suas fichas nela.

5. Aposte nas mídias sociais para distribuição

Na primeira etapa do Inbound Marketing, seu objetivo é atrair clientes, certo? Para isso, você tem que fazer com que mais pessoas vejam o seu conteúdo. É aí que entram as mídias sociais, porque elas têm um enorme poder de disseminação.

smartphone

Pense em uma estratégia de Inbound em que o único canal é o blog. Você pode publicar ótimos conteúdos, mas eles só vão chegar às pessoas que espontaneamente acessarem o seu blog ou encontrarem seus textos no Google. Você pode até aumentar o número de pessoas que chegam a ele, usando as mídias pagas, como acabamos de mencionar. Mas essa opção também tem um limite; é o limite das pessoas que vão ver a mídia paga e clicar nela.

Porém, com as mídias sociais, não existe limite, graças ao compartilhamento. Uma pessoa visita seu blog e gosta do conteúdo. Ela compartilha com seus 200 amigos no Facebook. Então, 10% desses amigos (20, portanto) compartilham com seus próprios 200 amigos. Apenas nesses dois movimentos, seu conteúdo já chegou a 4200 pessoas! E pode chegar a muitas mais, porque os compartilhamentos continuam acontecendo.

Para ficar ainda melhor, você não precisa esperar que alguém comece a disseminação. Você mesmo pode compartilhar seus conteúdos, utilizando as mídias sociais.

Então, se você ainda não está apostando nesse recurso para atrair clientes, cuidado, pois está perdendo uma oportunidade excelente de trazer mais visibilidade para sua empresa.

Essas dicas para atrair clientes encerram nosso post sobre a primeira etapa do Inbound Marketing. Mas o assunto ainda não acabou! Fique de olho no blog, para não perder o post sobre a segunda etapa.

Enquanto isso, que tal compartilhar esse conteúdo com seus contatos nas redes sociais?